Postagens

Morte e vida severina

Imagem
João Cabral de Melo Neto

Sinopse

Severino, aquele filho de Maria, é um retirante. Até aqui, nada mais carece de explicação. O fato é que ele vai simbora seguindo o rio Capibaribe. Mas não vai calado. Enquanto percorre os versos, conta a vida e a morte que encontra pelo caminho até Recife.
E lá ele espera encontrar o quê? Sei dizer não senhor. Vai ter que seguir o rio e perguntar a Severino em pessoa.
Impressões:
1. Confesso que não sou fã de narrativas longas em versos. Um dos motivos é a quebra da fluidez em favor da rima, da métrica, essas coisas, o que me cansa e me desestimula. Mas isso não acontece aqui. A história vai levinha num sentido só, carregando a gente sem solavancos.
2. E pensar que João Cabral escreveu uma história dessas, num formato desses, com tamanha carga dramática e na mais laboriosa simplicidade, sem imaginar que faria o sucesso que fez.
3. Aqui uma das passagens mais famosas e também uma das mais tristes:
"Somos Severinos
iguais em tudo na vida,
morremos de…

O rio

Imagem
João Cabral de Melo Neto

Sinopse
"Para os bichos e rios
nascer já é caminhar"

E nessa caminhada, o rio Capibaribe tem voz. É ele quem nos conta das pessoas, dos bichos, das vilas e usinas que acontecem nas beiradas de suas margens, desde a nascente até seu fim lamacento no mar do Recife.
Impressões:
Uma única impressão, na verdade. Esse poema fala de tanta coisa! Lendo normalmente, colocando uma palavra após a outra, a gente vê os assuntos surgindo e sumindo, como o próprio movimento das águas do rio. Só parando na margem e observando o fundo é que se percebe o quanto de reflexão ele nos trás.
"A um rio sempre espera
um mais vasto e ancho mar.
Para a gente que desce
é que nem sempre existe esse mar,
pois eles não encontram
na cidade que imaginavam mar
senão outro deserto
de pântanos perto do mar."

💗💗💗

O rio
Autor: João Cabral de Melo Neto (1920 - 1999)
Categoria: poesia brasileira regionalista
Ano: 1953
Páginas: 34

Os sete

Imagem
André Vianco

Sinopse

Conhece aquela do português que acordou numa terra estranha depois de dormir por quase 500 anos?
Pois bem. Uma antiga caravela portuguesa é encontrada no nosso litoral brasileiro. Dentro dela, uma caixa enorme de prata guarda sete corpos e uma advertência: são bruxos, não devem ser libertados. Alguém dá atenção ao aviso? É claro que não. E durante a abertura do sarcófago, um dos vampiros é reanimado por acidente.
Uma vez que todos estão de volta ao mundo dos vivos, eles partem em busca de destruição e vingança. Mas antes, uma paradinha para entender as coisas fantásticas que os humanos construíram. Afinal de contas, a última vez que andaram sobre a terra, ela ainda era plana.




Comentários com spoiler:
1. Ainda não sei se esse livro é de terror ou de comédia. Na maior parte do tempo, achei engraçado. E teve trechos que dei risada mesmo, como a cena de Guilherme e Manuel na frente de uma geladeira, tentando entender como aquilo congelaria um homem.
2. Das poucas cenas…

A carteira

Imagem
Machado de Assis

Sinopse

Honório está encrencado. Gasta mais do que pode, meteu-se em dívidas. Normal, quem nunca? Um dia, esse homem distinto, chefe de família e bom cidadão, encontra uma carteira na rua. Não localizando quem possa ser o dono ao olhar em volta, resolve pegá-la.
O leitor já pode ver que é nesse momento que vem a tentação. Uma chance de pagar suas dívidas, se ficar com a carteira. Uma chance de fazer o certo, se devolver a carteira. No fim, a gente acaba descobrindo o retorno de nossas ações, no caso as de Honório. Ou não. 
Algumas impressões:

1. O dilema moral, associado à dificuldade financeira do personagem, vai bulir nas nossas próprias inquietações. É uma daquelas situações que é bem mais fácil decidir estando de fora.
2. Que leitura agradável! O texto é tão elegante e envolvente que a gente mal percebe os defeitos. Eu não vi nenhum!
3. E esse final? Nem pense que vai terminar assim, sem nenhuma gracinha. Mas nem digo nada, para não estragar a rasteira.
4. Além da …

O alquimista

Imagem
Paulo Coelho

Sinopse

Santiago gostava de viajar e por isso se tornou um pastor, daqueles que perambulam com ovelhas por aí. Um dia, ele teve um sonho repetido, quando dormia numa igreja em ruínas. O sonho o mandava às Pirâmides do Egito encontrar um grande tesouro.
Agora, o jovem tem uma árdua decisão a tomar: continuar sua jornada como pastor, casar-se e ter uma vida segura na previsibilidade; ou acreditar no seu sonho, jogar tudo para o alto e partir nas asas dos pássaros intergalácticos, que não têm medo de vulcões, rosas ou baobás... Quer dizer... Então, ele se decide e a aventura começa.
Minhas mais particulares impressões:
1. Gente, ninguém revisou esse texto e fez a gentileza de avisar Paulo Coelho que estava faltando coesão? Pense num parágrafo curto em que a mesma palavra aparece cinco vezes. Pensou? Agora espalha isso pelo livro todo! Cansa só de pensar. Quer um exemplo?
"Esta Coisa Única permitia que os alquimistas entendessem qualquer coisa sobre a face da Terra, porqu…

Virginius - Narrativa de um advogado

Imagem
Machado de Assis

Sinopse

Era época de São João quando nosso advogado é convidado a defender uma causa através de um bilhete anônimo. Sentindo que esse mistério anunciava um romance, ele parte para a tal cidade em busca dos envolvidos e de respostas.
E não deu outra, era romance. Pior ainda, uma tragédia, daquelas que só os gregos da antiga Roma sabiam tecer. O crime, a justiça, a honra e o sofrimento irão alinhavar este conto, repetindo Virginius e fazendo-o chegar até você.
Algumas de minhas percepções:
1. Ora pois, que esse é sério. Não percebi nenhuma gracinha de Machado nesse conto. Todinho ele em tom acentuado, como se a catástrofe fosse conhecida de todos e estaríamos somente dividindo o pesar.
2. Quem não conhece a história original, nem do que se trata, penso que vai experimentar uma certa angústia, ou pelo menos ficará surpreso com o desenrolar dos fatos.
3. Rapaz, quanto cinismo perambulando em Virginius! E ainda tem gente que acha Machado reticente quanto aos problemas de s…

Questão de vaidade

Imagem
Machado de Assis

Sinopse

Eduardo, um jovem dos mais elegantes da sociedade fluminense, vaidoso e tolo, deixa-se levar pelas paixões levianas e começa a cortejar duas boas moças de família. Uma era viúva; outra, uma donzela inocente. E a gente já sabe quais as chances de uma coisa dessas dar certo, né?
Pois é assim que se vai passando "Questão de vaidade" por nossos olhos. Um drama romântico, quase à moda shakespeariana, com choro, flores e velas.
Algumas de minhas impressões:
AVISO: Pode conter algum spoiler, depende do que cada um entende sobre esse pecado. Não vou comentar detalhes do que fazem os personagens, mas cito características da construção que podem afetar a interpretação pessoal. 
1. É um conto longo e muitos trechos são cansativos, mas não consegui parar a leitura enquanto não descobri como termina esse rolo amoroso.
2. Foi publicado em pedacinhos no "Jornal das famílias", por isso tem aqueles famosos ganchos que nos prendem até o próximo capítulo, porém …

Casada e viúva

Imagem
Machado de Assis

Sinopse

Acontece o casamento de José de Meneses e Eulália Martins e eles começam uma vida feliz de dar inveja a todos. Ela, em corpo e alma, o que se tinha de mais belo no mundo. Ele, um homem devotado ao amor, apaixonado, esforçava-se para manter a paz e a satisfação da esposa. 
Em sua completa felicidade, após o nascimento de uma filhinha, recebem em casa a visita de um casal, amigos de alguma data passada.
É aí que o negócio desanda. Eulália vai acabar descobrindo algumas coisinhas que irão fazê-la repensar sua vida perfeita.
Comentários de orelha, nariz e tudo o mais:
1. Parece uma história banal? Parece, mas devemos nos lembrar de que, pelos idos de 1864, tratar de adultério e da condição inferior da mulher não eram nem de longe normal, que dirá jogar isso na cara da sociedade num periódico chamado "Jornal das famílias".
2. As artimanhas textuais de Machado deixam bem claros o tom moralista e a denúncia, escondendo um pouquinho mais a crítia e o julgament…

A metamorfose

Imagem
Franz Kafka

Sinopse

"Numa manhã, ao despertar de sonhos inquietantes, Gregor Samsa deu por si na cama transformado num gigantesco inseto. Estava deitado sobre o dorso, tão duro que parecia revestido de metal, e, ao levantar um pouco a cabeça, divisou o arredondado ventre castanho dividido em duros segmentos arqueados, sobre o qual a colcha dificilmente mantinha a posição e estava a ponto de escorregar. Comparadas com o resto do corpo, as inúmeras pernas, que eram miseravelmente finas, agitavam-se desesperadamente diante de seus olhos."
O que encontrei nessas páginas:
1. Apesar de ser um livro bem fácil de entender, não é muito fácil de digerir. A forma como o narrador vai contando a história perturba. Colocaria numa categoria de terror, não pelo monstro que rasteja pelas páginas, mas sim pelo monstro que vive em mim, em você, que vive em nossa sociedade.
2. Pode inspirar alguma revolta, repugnância e aversão ao comportamento da família de Gregor. Fica um pouco difícil se coloc…

O caçador de pipas

Imagem
Khaled Hosseini

Sinopse

Em Cabul da década de 70, reinava uma aparente paz. Nessa mesma época, viveram por lá dois meninos inseparáveis, assim como eram os seus pais. Amir e Hassan cresceram juntos até que, no inverno de 1975, algo aconteceu e mudou para sempre essa relação de amizade.

A traição e um coração extremamente leal farão com que, muitos anos depois, Amir volte ao Afeganistão, que agora está irreconhecível, completamente destruído pelo regime insano do Talibã. Essa perigosa viagem o levará à descoberta de um antigo segredo, ao encontro da redenção e ao dever de salvar uma vida.

Algumas impressões:

1. A sensibilidade e a emoção transmitidas nas páginas desse livro é definitivamente algo indescritível, é bom estar preparado para chorar.

2. Por ser o escritor um afegão com naturalização estadunidense, a gente tem acesso a um pouco da cultura e dos costumes de lá, com uma perspectiva e visão de cá do ocidente.

3. O personagem Amir é escritor. Khaled Hosseini usa esse fato para nos…

A morte tem sete herdeiros

Imagem
Ganymédes José e Stella Carr

Sinopse

Jacuruçunga é apenas um desvio da estrada principal, e foi exatamente nessa cidade que se sucedeu este misterioso caso.
Um defunto rico, sete sobrinhos candidatos a herdeiros, um diário dos pecados e Agatha Christie. Tudo isso junto e embolado numa trama que vai de roer as unhas aos risos. Não necessariamente nessa mesma ordem.
E as impressões:

1. Apesar de ser uma história para menores, não deve ser ignorada pelos maiores, é divertida em qualquer idade.

2. É uma comédia bem pastelão, que pode parecer de gosto duvidoso pelas brincadeiras com a morte e com o crime, mas até esse tipo de obra tem um valor crítico que é bacana conhecer.
3. Ha, ha, ha e ha!
4. E quando a gente pensa que já está acompanhando o enredo e que sabe o que vai acontecer...
5. Faz a gente pensar sobre os clichês próprios das histórias de detetives que sempre são sucesso, quando bem feitas, é claro!
💗💗💗

A morte tem sete herdeiros
Autores: Stella Carr (1932 - 2008) / Ganymédes J…

O anjo das donzelas

Imagem
Machado de Assis

Sinopse

Cecília era apenas uma menina de 15 anos que adorava ler romances nos quais o amor era protagonista de grandes catástrofes. É então que ela decide fazer um pacto com um ser fantástico para se ver livre de tais infortúnios amorosos.
O que acontece com Cecília à medida que o tempo passa e quem de fato é esse ser mágico farão valer cada pedra no caminho do leitor até a descoberta.

O que encontrei:

1. É um texto longo que, a princípio, mostra-se arrastado e um tanto monótono, porém a gente começa a perceber que tem algo estranho acontecendo e assim vai avançando mais uma linha, e mais uma, e mais uma... ué, acabou e eu nem senti.
2. Pode não ser o texto mais genial da vida, mas todos que já foram infectados pelo Bruxo vão se divertir muito.

3. E esse início: "Cuidado, caro, leitor, vamos entrar na alcova de uma donzela."? Bem, o conto foi pensado para sair no Jornal das Famílias, o que significava que a maioria do público era feminino. Por que será que…

Vidas secas

Imagem
Graciliano Ramos

Sinopse

Fabiano é um vaqueiro bronco, filho do sertão nordestino, analfabeto até de pensamento. Não vê outra solução para escapar da seca e da fome a não ser levar sua família para um outro lugar. E assim se faz essa odisseia, dura e áspera como pés de matuto, sem brandura nem gentilezas com o leitor. Por isso, venha preparado.
Alguns motivos pra ler e reler:
1. Os personagens são intensos, contraditórios, são ignorantes, mas reconhecem essa condição;
2. Baleia é realmente o ser mais fascinante dassa história, seus pensamentos e sentimentos são mais humanos do que os de seus donos;
3. Os capítulos "Festa" e "Baleia" farão valer a pena qualquer desventura ao ler esse livro;
4. A linguagem pode não ser tão fácil por causa do regionalismo, mas isso garante uma veracidade impressionante;
5. Traz pelo menos um reflexão sobre estar indefeso diante da falta de algo tão básico ao ser humano, a capacidade de se expressar, de se fazer entender.
💗💗💗💗💗

Vidas…

O código Da Vinci

Imagem
Dan Brown

Sinopse

Era uma vez, um grande segredo religioso, guardado a sete chaves, quatro guardiães e um café brasileiro. Esse segredo fica à beira de se perder para sempre, quando alguém é assassinado dentro do Museu do Louvre, em Paris. Se isso acontecer, a humanidade estará lascada, condenada a ficar exatamente como está agora.
Mas há forças querendo que o mundo saiba toda a verdade, porque ninguém pode estar quieto com o que tem, não é mesmo? E é Robert Langdon quem estará a cargo de literalmente salvar o dia, usando de toda a sua astúcia para decifrar os códigos que o levarão ao fundo desse mistério secular.

Algumas impressões:

1. A maneira como Dan Brown juntou fatos com lendas populares deu um caldo muito interessante, que faz um monte de gente se estapear achando que é tudo verdade;

2. Tem uma narrativa muito ágil, para alguns até ágil demais, e cheia de reviravoltas inacreditáveis;

3. A linguagem é bem acessível, muito fácil de compreender, e os capítulos são muito bem definid…

A igreja do Diabo

Imagem
Machado de Assis

Sinopse

E o Diabo, sem ter mais o que fazer de sua existência, resolve fundar sua própria igreja. Assim terá uma instituição organizada de fiéis, capaz de lhe conceder a vitória final e completa sobre Deus.
Pois bem, depois de conceber a tal ideia, o tinhoso cai aqui na Terra e dá início a um projeto de subversão das virtudes, seduzindo o povo para o lado negro da força.
O último capítulo dessa alegoria nos mostrará se o Diabo consegue colocar rédeas nos anseios humanos e vence de vez sua peleja divina.
5 motivos pra ler:
1. É engraçado do início ao fim, principalmente o meio;
2. Tem uma narrativa ágil, em que as coisas acontecem como num filme de aventura;
3. Não importa a crença, todos conseguem se identificar com os dilemas;
4. Os diálogos entre Deus e o Diabo são muito inteligentes e instigantes;
5. Traz pelo menos uma reflexão sobre expectativa x realidade.
💗💗💗💗💗

A igreja do Diabo
Autor: Machado de Assis (1839 - 1908)
Categoria: conto brasileiro
Ano: 1883
Pági…

O país das quimeras

Imagem
Machado de Assis

Sinopse

Tito é um poeta falido, dotado fisicamente de uma simbiose estranha em que, do colo para cima, temos um Brad Pitt grego; do resto, uma seriema de pés tortos.

Sua situação financeira, somada ao fato de ter sido desprezado pela dama que, naquele momento, era o amor de sua vida, só pioram seu estado, fazendo-o perceber apenas duas saídas: a morte ou uma viagem. A escolha o levará por um caminho sem volta.

Mais algumas impressões, cinco, para se fazer justiça à precisão:

1. Parece um daqueles sonhos esquisitos, em que a gente se perde no meio, mas no fim faz todo sentido. Faz sentido?;
2. Esta é a primeira versão de "Uma excursão milagrosa", vale a pena conhecer e comprará-las;
3. É um enredo fantástico fantástico, sendo o primeiro fantástico não tão frequente nas obras de Machado;
4. Tem várias ligações com outras obras conhecidas;
5. Traz pelo menos uma reflexão sobre a justiça de Deus ao distribuir a ternura pelos corações humanos.

💗💗💗

O país das qui…

A sangue frio

Imagem
Truman Capote

Sinopse

Uma isolada cidadezinha do Kansas, no meião dos EUA, era pacata até um terrível evento ocorrer em 15 de novembro de 1959, em que quatro pessoas de uma mesma família foram violentamente assassinadas.
Essa história real, descrita aqui com a dureza de uma reportagem, e coberta com o manto sublime de um romance policial, vai atingir suas certezas, assim como atingiu as do próprio Truman Capote.
5 motivos pra ler:

1. É uma obra bastante intrigante, por ter esse casamento incestuoso entre o jornalismo e o romance ficcional;
2. Tem uma cronologia de eventos que não nos deixa largar o livro;
3. As descrições físicas e psicológicas dos personagens são minuciosas;
4. O estilo de Capote é ao mesmo tempo contido e escandaloso, vale a pena conhecer como um negócio desses funciona;
5. Traz pelo menos uma reflexão sobre a pena de morte.

💗💗💗💗

A sangue frio
Autor: Truman Capote (1924 - 1984)
Categoria: romance estadunidense
Ano: 1966
Páginas: 412

O cortiço

Imagem
Aluísio Azevedo

Sinopse

João Romão é um português bem malandro, mestre na arte de passar a perna nos outros. Roubando tijolos e colocando água no vinho que vende aos seus fregueses, consegue erguer seu cortiço, que já nasce com ares de usado e gasto.
Lá ferve a vida de muitos personagens, cada um com uma boa história para contar e um destino certo: a degradação moral; consequência, é claro, do convívio íntimo com todo o tipo de mazela humana.
Observar o que se passa nesse cortiço pode não ser uma experiência muito agradável, mas vai certamente fazê-lo entender porque essa obra é o que é.

5 motivos pra ler:

1. É considerada uma das obras ícone do gênero Naturalista;
2. Tem personagens carismáticos, cômicos e dramáticos;
3. A problemática tratada é moderna e relevante ainda hoje;
4. Serve de referência em muitas outras expressões artísticas;
5. Traz pelo menos uma reflexão sobre as influências do meio sobre o comportamento humano.

💗💗💗💗💗

O cortiço
Autor: Aluísio Azevedo (1857 - 1913)

Uma galinha

Imagem
Clarice Lispector

Sinopse

Uma galinha é reservada para o almoço de domingo, mas horas antes de sua execução, o bicho resolve fugir fazendo uma das muitas coisas que não sabe fazer: voar.

A confusão está armada na casa para capturar o almoço. A galinha, ofegante e trêmula, empenhada na sua fuga, mal sabe o que lhe espera. Se soubesse, não seria uma galinha.
5 motivos pra ler:

1. É um conto engraçado e bem dinâmico;
2. O final parece destoar um pouco, mas isso é a cara da Clarice;
3. Os movimentos e pensamentos da galinha são sensacionais;
4. Tem uma porção de metáforas e símbolos, mas é muito mais divertido seguir apenas a aventura;
5. Traz pelo menos uma reflexão sobre a ação do tempo.

💗💗💗💗

Uma galinha
Autor: Clarice Lispector (1920-1977)
Categoria: contos brasileiros
Ano: 1960
Páginas: 3

Menino de engenho

Imagem
José Lins do Rego

Sinopse

Depois de viver uma das piores tragédias familiares, Carlinhos vai morar com o avô no Engenho Santa Rosa, no interior da Paraíba.

Lá, esse menino vai crescendo no meio dos moleques selvagens, da natureza e dos bichos, aprendendo lições da vida simples na roça e passando por um bocado de situações que irão marcar para sempre sua memória e sua alma.
5 motivos pra ler:

1. Tem tanta ação que parece um filme;
2. É bastante impressionante a forma simples e poética como o narrador proseia com o leitor;
3. Foi a estreia de José Lins como romancista;
4. As cenas da enchente do Rio Paraíba e a do incêndio são de uma beleza indescritível;
5. Traz pelo menos uma reflexão sobre a vida difícil nas lavouras.

💗💗💗💗💗

Menino de engenho
Autor: José Lins do Rego (1901-1957)
Categoria: romance regionalista
Ano: 1932
Páginas: 82

A cartomante

Imagem
Machado de Assis

Sinopse

Camilo tem um grande segredo. Um segredo de amor que está prestes a ser descoberto. E isso pode não só manchar sua reputação, mas pode também lhe tomar a vida.

As cartas! Não as anônimas que ele anda recebendo, mas as da cartomante. Sim, só elas serão capazes de lhe dizer o que está por vir. Afinal, “o presente que se ignora vale o futuro”, não é mesmo? Vamos às previsões e veremos o que espera por Camilo lá no fim.

5 motivos pra ler:
1. Com esse texto, é possível entender porque Machado é chamado de Bruxo;
2. Os personagens são estranhamente reais, como seus amigos ou vizinhos;
3. Imagina o que esse tema provocou nos leitores de 1896;
4. O trecho final rouba o nosso ar, tem que cuidar para não ficar roxo;
5. Traz pelo menos uma reflexão sobre fragilidade e insegurança humana.
💗💗💗💗💗
A cartomante
Autor: Machado de Assis (1839-1908)
Categoria: contos brasileiros
Originalmente publicado em Gazeta de Notícias, 1884.
Posteriormente incluído em Várias Histórias, …

Missa do Galo

Imagem
Machado de Assis

Sinopse

Foi justamente antes da Missa do Galo, à meia noite, que ela lhe apareceu como um prenúncio das coisas proibidas.

Nogueira, agora um homem feito, relembra essa noite de Natal da sua juventude, nos idos de 1861 ou 62. E ainda hoje tenta entender o que se passou durante aquela conversa, aparentemente trivial e inocente, com essa mulher mais velha.
O que aconteceu de fato com o adolescente Nogueira, naqueles poucos minutos de diálogo, para ter marcado tanto sua memória é algo que só ele e o caro leitor serão capazes de dizer.
5 motivos pra ler:
1. É um dos contos mais famosos de Machado e a melhor maneira de saber o motivo é lendo;
2. A cena do diálogo entre Nogueira e Conceição é incrivelmente sensual;
3. É irônico, crítico, inteligente, requintado e simples. O que mais se pode querer?;
4. A narrativa é justa, não sobra nem falta o que dizer;
5. Traz pelo menos uma reflexão sobre o papel da mulher casada e as concessões que são dadas somente ao marido.

💗💗💗💗💗

O pequeno príncipe

Imagem
Antoine de Saint-Exupery

Sinopse

Seu avião cai no deserto do Saara. No meio desse nada, aparece um menino, com uma bagagem imensa de perguntas, mas quase nunca responde nada. Durante o período em que ficam juntos, vai se revelando para nós elefantes e jiboias (estas abertas ou fechadas), que compõem um quadro delicado de filosofia, nostalgia e amor.

5 motivos pra ler:

1. É uma obra que gerou várias outras produções literárias e artísticas, além de ter sido traduzida no mundo todo;
2. Tem um monte de ensinamentos básicos e princípios filosóficos;
3. É para toda família, para todas as idades;
4. Dá para colecionar uma porção de citações lindíssimas;
5. Traz pelo menos uma reflexão sobre ouvir nosso coração.
💗💗💗💗
O pequeno príncipe
Autor: Antoine de Saint-Exupery (1900-1944)
Categoria: romance francês
Ano: 1943
Páginas: 96

Bagatela

Imagem
Machado de Assis

Sinopse

Uma carta de despedida, longa e cheia de obséquios, chega às mãos de seu melhor amigo e de sua amada. Dentre os últimos desejos, Máximo pede que cuidem um do outro como irmãos. Tão somente como irmãos!

Mas é claro que não é isso que se sucede, pois que a natureza humana é de fazer justamente o avesso. Como esses personagens sairão dessa cilada engenhosa? Será que perceberão a história por trás da morte de Máximo antes do fim deste conto?
5 motivos pra ler:

1. Os personagens são dramáticos, apaixonados e apaixonantes;
2. Tem surpresa! Tá, logo se adivinha o que é, mas não deixa de ter;
3. Sendo original de Machado ou uma de suas traduções, não importa, vale muito a pena conhecer essa história;
4. Que seriam das novelas modernas sem histórias como essa para se inspirarem? Pena que não se inspiram também na qualidade da apresentação;
5. Traz pelo menos uma reflexão sobre os dramas que impomos para nós mesmos e para os outros. 
💗💗💗💗
Bagatela
Autor: Machado de A…

Três tesouros perdidos

Imagem
Machado de Assis

Sinopse

Sr. F. acredita que um cabra anda se engraçando para as bandas de sua esposa e decide acabar com a raça dele. Quer dizer, basta que o sujeito vá embora para bem longe! Nem que para isso, há de se perder dois contos de réis.

A trama dá uma reviravolta quando o marido traído, ao voltar para casa, encontra um bilhete de sua amada esposa. Como ele pôde se enganar tanto? E enquanto tenta recuperar seus tesouros perdidos, nós é que ficaremos um tiquinho mais ricos no fim.
5 motivos pra ler:
1. É muito engraçado, irônico e de uma escrita extremamente elegante;
2. O fim é tão previsível quanto irresistível;
3. Tem personagens tão fantásticos que nem precisam de nomes;
4. Há indícios de que esse texto provoca um estado de looping em seus leitores, estejam atentos;
5. Traz pelo menos uma reflexão sobre como as aparências podem enganar.
💗💗💗💗💗

Três tesouros perdidos
Autor: Machado de Assis (1839-1908)
Categoria: conto brasileiro
Publicado originalmente em A Marmota
An…

História interrompida

Imagem
Clarice Lispector

Sinopse

Uma mulher de 22 anos, muito branca e loura, narra sua história com W., um rapaz bonito, triste e difícil por quem é apaixonada.

De repente, ela decide que os dois irão tomar um rumo diferente na vida, pois precisavam de uma salvação, mas ela não tem a chance de lhe falar sobre seus planos antes que uma tragédia os alcance.
5 motivos pra ler:

1. A coreografia da protagonista em cena é hipnotizante;
2. Não chega a ser imprevisível o desfecho, mas surpreende;
3. Pode causar desconforto, ansiedade e solidão momentânea, mas vale a pena;
4. Tem drama, é provocativo e vai lhe arrastar para dentro da história;
5. Traz pelo menos uma reflexão sobre auto-conhecimento.

💗💗💗

História interrompida
Autor: Clarice Lispector (1920-1977)
Categoria: conto brasileiro
Ano: 1940
Páginas: 5

Uma esperança

Imagem
Clarice Lispector

Sinopse

Um dia, um inseto pousa na parede de sua casa. É descoberto pela filho pequeno, que cuida para que esse serzinho tão frágil, tão verde e tão lento não caia em desgraça, pois um inimigo oculto atrás de um quadro está à espreita.
5 motivos pra ler:

1. Tem uma temática bem sentimental, de execução singela, sem exageros;
2. É bem curtinho, mas faz a gente pensar;
3. As entrelinhas são tão visíveis que parecem ser duas histórias acontecendo ao mesmo tempo;
4. Para quem não conhece Clarice, esse texto é uma forma bem rápida de se ter uma ideia do seu talento;
5. Traz pelo menos uma reflexão sobre a fragilidade de nossas esperanças.

💗💗💗

Uma esperança
Autor: Clarice Lispector (1920-1977)
Categoria: contos brasileiros
Ano: 1969
Páginas: 2

Como um romance

Imagem
Daniel Pennac

Sinopse

Daniel Pennac é um daqueles professores que viram mito na escola, e que a gente fica lembrando e falando dele o resto da vida.

Depois de uma atitude surpreendente em sala de aula, Pennac chega até nós através desse livro, para quem sabe fazer conosco o mesmo que fez com seus alunos: despertar o gosto pela leitura.

Aqui ele nos conta não só como conseguiu essa façanha, mas também levanta outras reflexões sobre o ato de ler, sobre o preço justo e implacável da boa leitura e, principalmente, sobre o que nós, os formadores de novos leitores, estamos fazendo para perpetuar a tão comum aversão aos livros. Tudo isso de um jeito tão fantástico, tão íntimo que nem se percebe que Como um romance não é um romance.

5 motivos pra ler:

1. Vale conferir a criatividade com que os assuntos são tratados;
2. Tem humor, crítica, passagens emocionantes e estimulantes;
3. Muitos trechos são nostálgicos, estão falando é de sua infância, sim senhor;
4. Menciona vários livros legais e dá a…

Eu e Jimmy

Imagem
Clarice Lispector

Sinopse

Nossa protagonista é uma mulher moderna. No curso de direito, conhece Jimmy e vivem um relacionamento, supostamente livre de preconceitos, até que um deles se sente atraído por outra pessoa.

Os séculos de imposição da sociedade sobre o comportamento da mulher e as ideias avançadas de Jimmy irão ter aqui um embate a la Clarice, em que sairemos todos sobreviventes, mas nenhum ileso.
5 motivos pra ler:

1. É um conto curtinho, mas tem bastante para absorver;
2. A interpretação é um caso de divórcio litigioso nesse texto, vai ter sempre alguém que pensa o contrário de tudo o que você entendeu;
3. O romance descrito aqui ainda é novidade para alguns de nós hoje, imagina para o povo de 1940;
4. Faz uma crítica bastante clara à sociedade e aos direitos da mulher;
5. Traz pelo menos uma reflexão sobre teoria e prática.

💗💗💗

Eu e Jimmy
Autor: Clarice Lispector (1920-1977)
Categoria: contos brasileiros
Ano: 1940
Páginas: 4

O delírio

Imagem
Clarice Lispector

Sinopse

O homem sem nome passa por uma noite agonizante, estrebuchando com uma febre louca aparentemente sem motivo. Em seus devaneios, percebe um mundo completamente delirante, cheio de cores e sons estrambólicos, do qual nasce uma de suas virtudes.

Esse conto é assim mesmo. Só dá para entender do que se trata lendo ele inteirinho.
5 motivos pra ler:

1. Tem um fluxo intenso de pensamento, capaz de nos levar para qualquer lugar;
2. É possível fazer um milhão de interpretações;
3. Apesar de ser um texto difícil de explicar, não é incompreensível;
4. É uma artimanha diferente dos primeiros contos de Clarice;
5. Traz pelo menos uma reflexão sobre como é o processo criativo de Clarice.

💗💗

O delírio
Autor: Clarice Lispector (1920-1977)
Categoria: contos brasileiros
Ano: 1940
Páginas: 7

Obsessão

Imagem
Clarice Lispector

Sinopse

Após ser enviada para uma casa de repouso em Belo Horizonte, Cristina conhece aquele que viria a ser um professor, um herói, um amigo e carrasco. Toda a história dessa mulher oprimida é descrita na iminência de uma catástrofe da qual apenas ela é capaz de se salvar.
5 motivos pra ler:

1. Tem belas imagens, poesia e filosofia;
2. É uma narrativa longa, mas é fluida;
3. A protagonista é um tipo complexo, bastante intrigante;
4. É muito fácil de se colocar no drama;
5. Traz pelo menos reflexões sobre liberdade, ignorância e felicidade.

💗💗

Obsessão
Autor: Clarice Lispector (1920-1977)
Categoria: contos brasileiros
Ano: 1941
Páginas: 21

O triunfo

Imagem
Clarice Lispector

Sinopse

Luísa acorda pela manhã e relembra, triste, os acontecimentos do dia anterior. Como vai ser sua vida agora? O que fazer? A solidão e a fraqueza em superar os medos estão ali, bem ao lado dela, aguardando somente uma chance de se instalar e triunfar sobre sua vítima.
5 motivos pra ler:

1. As descrições são muito concretas e sensíveis;
2. A cada linha, cresce a vontade de saber o que vem depois;
3. Tem uma temática feminista, numa época difícil para mulheres;
4. As cenas iniciais e finais são muito enigmáticas, além de belíssimas;
5. Traz pelo menos uma reflexão sobre dominação e abuso.

💗💗💗💗

O triunfo
Autor: Clarice Lispector (1920-1977)
Categoria: contos brasileiros
Originalmente publicado em 1940, nas páginas da Revista Pan
Páginas: 4

Uma amizade sincera

Imagem
Clarice Lispector

Sinopse

Dois meninos se tornam BFF no último ano da escola. O que é uma ótima fase para se fazer amigos para a vida inteira, não é verdade? À medida que vão crescendo, vão percebendo que essa relação não se sustenta sem algum esforço e, por que não dizer, algum sacrifício.
Eles encontram uma solução para manter esse laço de amizade protegido da ação do tempo e da convivência. Mas será que isso não mudará a natureza do que une um ao outro?
5 motivos pra ler:

1. Tem uma questão conflitante que parece lógica, mas pessimista demais para se admitir;
2. É subversivo, poético e filosófico;
3. Muito fácil se identificar com a situação dos protagonistas;
4. É melhor que muitos livros de auto-ajuda, e bem mais curto;
5. Traz pelo menos uma reflexão sobre prazo de validade das relações.

💗💗

Uma amizade sincera
Autor: Clarice Lispector (1920-1977)
Categoria: contos brasileiros
Ano: 1971
Páginas: 3

Felicidade clandestina

Imagem
Clarice Lispector

Sinopse

Uma promessa que peleja para se cumprir. Uma vilã desalmada de posse de um objeto valiosíssimo. E uma menina loura que ama livros. Nessa trama poética, como quase tudo de Clarice Lispector, nós leitores vamos nos perder e nos emocionar com os desejos e as descobertas dessa menina loura, tão fofa que dá vontade de guardar na estante.
5 motivos pra ler:

1. É muito fácil de se reconhecer na protagonista;
2. É uma história muito levinha, bem gostosa de ler;
3. Dá uma sensação de nostalgia;
4. Serve para asultos e crianças, amantes ou não das letras;
5. Traz pelo menos uma reflexão sobre paixão pelos livros.

💗💗💗💗💗

Felicidade clandestina
Autor: Clarice Lispector (1920-1977)
Categoria: contos brasileiros
Ano: 1971
Páginas: 3

Os homens que não amavam as mulheres

Imagem
Stieg Larsson

Sinopse

O repórter Mikael acaba de ser condenado por difamação e logo depois recebe um convite inesperado para investigar o desaparecimento de uma adolescente que ocorreu há 37 anos. Como pagamento terá dinheiro, uma história para publicar e, principalmente, provas que irão derrubar seu arqui-inimigo, recuperando também a credibilidade de sua revista.

Mas quando o caso dessa menina sumida começa a ser revirado, Mikael percebe que há muitos outros segredos enterrados. Segredos sombrios e cruéis… e que talvez não seja uma boa ideia trazê-los à tona.

5 motivos pra ler:
1. Tem mistério, conspirações e vingança; 2. É repleto de cenas mirabolantes e viradas engenhosas; 3. Faz parte de uma trilogia que só ficou pronta depois que Larsson morreu; 4. Serviu como roteiro para um filme de mesmo nome que fez sucesso; 5. Traz pelo menos uma reflexão sobre abuso sexual.
💗💗💗
Os homens que não amavam as mulheres Autor: Stieg Larsson (1954-2004) Categoria: romance policial sueco Ano: 20…